É correta decisão do governo de São Paulo

de separar alunos por ciclo escolar?