Precisão

TIRO

Quem disputa

SH1: atiradores de pistola e rifle que não requerem suporte para a arma;

SH2: atiradores de rifle que não possuem habilidade para suportar o peso da arma com seus braços e precisam de um suporte para a arma;

SH3: atiradores de Rifle com deficiência visual

Tiros

Em cada prova a quantidade de disparos varia: 40 na pistola de ar 10 m e na carabina de ar 10 m femininas, 120 na carabina de três posições 50 m masculina e 60 nas demais

Distâncias

10 m, 25 m ou 50 m, nas posições deitado, em pé ou sentado

ARMAS

Ilustração de uma pistola de ar

Pistola de ar

Ilustração de uma pistola

Pistola

Ilustração de uma carabina

Carabina

VOCÊ VAI OUVIR

Imagem de um alvo de 1,22 m de diâmetro com círculos concêntricos.

Na mosca

O centro do alvo nas provas de carabina de ar, que vale 10 pontos, tem apenas meio milímitro de diâmetro

BRASIL NOS JOGOS

Sem medalhas

Esgrima

Área de combate

Ilustração representando dois atletas em uma competição de esgrima, em um tablado com 4m de comprimento
  • As cadeiras são fixas em uma estrutura no chão
  • As cadeiras possuem uma lateral "aberta" voltada para o rival
  • Há uma alça em que o esgrimista segura na cadeira

Armas

Ilustração de um sabre

Sabre

Ilustração de um florete

Florete

Ilustração de uma espada

Espada

Classificação

Classe 1A – Atletas sem equilíbrio sentado, com limitações no braço que segura a arma, que necessitam que ela seja fixada na mão com atadura

Classe 1B – Atletas sem equilíbrio sentado e com limitações menos severas no braço armado

Classe 2 – Atletas com total equilíbrio sentado e braço armado normal

Classe 3 – Atletas com bom equilíbrio sentado, sem suporte de pernas e braço armado normal

Classe 4 – Atletas com um bom equilíbrio sentado e com suporte das extremidades superiores e braço armado normal

Duração

Primeira rodada: 3 min ou até um dos competidores marcar cinco pontos

Rodadas seguintes: 3 rounds de 3 min cada um ou até que um dos esgrimistas marque 15 pontos

Por equipe: vence quem alcançar primeiro 45 pontos primeiro ou tocar mais vezes os rivais

Pontuação

Cada vez que um competidor conseguir atingir a parte do corpo válida do outro, ele marca um ponto

BRASIL NOS JOGOS

  • Ouro
  • imagem que representa uma medalha de ouro
  • Prata
  • nenhuma medalha de prata
  • Bronze
  • nenhuma medalha de prata

TIRO COM ARCO

Curiosidade

Foto de Zahra Nemati

Inclusão

O tiro com arco costuma ter atletas com e sem deficiência disputando os mesmos torneios. No Rio, a iraniana Zahra Nemati (na foto) já disputou a Olimpíada. Agora vai encarar os Jogos Paraolímpicos

Área de jogo

Ilustração da área de jogo do tiro com arco - Cada atleta fica numa área de 4 m, a uma distância de 70 m do alvo.

ALVO

Quanto mais próxima a flecha está do centro, maior a pontuação

Ilustração do alvo, de 1,22 m de diâmetro com círculos concêntricos. O círculo mais externo vale um ponto, o central vale dez pontos.

Arco

Igual ao arco olímpico. Há também o arco composto, que tem um sistema de roldanas

Ilustração do arco olímpico, com uma flecha e barra estabilizadora

Disputas

Individuais e por equipe

BRASIL NOS JOGOS

Sem medalhas

Classificação

ARST: atleta pode atirar sentado em uma cadeira normal, com os pés no chão ou em pé

ARW1: atletas com deficiência nos braços e nas pernas, com alcance limitado de movimentos, de força, de controle dos braços e pouco ou nenhum controle do tronco

ARW2: atletas com paraplegia e mobilidade articular limitada nos membros inferiores e que precisam da cadeira de rodas para uso diário

Atletas com membros superiores amputados podem usar os pés e arcos adaptados para fazer os tiros

BOCHA

Campo

Ilustração do campo de bocha, com 6 m de largura e 12,5 m de comprimento. O piso é sintético.

disputa

Com até cinco minutos de duração, as lutas acontecem sob as mesmas regras utilizadas pela Federação Internacional de Judô, com pequenas modificações em relação ao judô convencional. A principal delas é que o atleta inicia a luta já em contato com o quimono do oponente. Além disso, a luta é interrompida quando há perda desse contato e não há punições para quem sai da área de combate

CLASSIFICAÇÃO

É disputado por atletas com deficiência visual. São divididos em três classes, de acordo com o grau dela. Os atletas também são divididos por categoria de peso

É permitido

Ilustração de um atleta com destaque nos pés

Usar os pés

Ilustração de um atleta com destaque nas mãos

Usar as mãos

Ilustração de um atleta com instrumentos de auxílio

Usar instrumentos de auxílio

Ter ajudantes (caso dos atletas com maior comprometimento dos membros)

Disputas

Individuais, em duplas e trios

Classficação

BC1: Atletas podem competir com o auxílio de ajudantes, que devem permanecer fora da área de jogo. O assistente pode apenas estabilizar ou ajustar a cadeira do jogador e entregar a bola a pedido

BC2: Os jogadores não podem receber assistência

BC3: Para jogadores com deficiências muito severas, que usam um dispositivo auxiliar (espécie de calha por onde corre a bola) e podem ser ajudados por uma pessoa. Ela fica na área de jogo, mas deve se manter de costas para os juízes e evitar olhar para as bolas

BC4: Para jogadores com outras deficiências severas, mas que não podem receber auxílio

BRASIL NOS JOGOS

  • Ouro
  • imagem que representa uma medalha de ouro
  • imagem que representa uma medalha de ouro
  • imagem que representa uma medalha de ouro
  • imagem que representa uma medalha de ouro
  • imagem que representa uma medalha de ouro - ao todo, cinco
  • Prata
  • imagem que representa uma medalha de prata
  • Bronze
  • imagem que representa uma medalha de bronze
  • imagem que representa uma medalha de bronze - ao todo, duas