tênis

Patrocínio

Patrocínio Bradesco Patrocínio CVC - sempreComVC

TÊNIS DE CADEIRA DE RODAS

A Lenda

Foto de Esther Vergeer - lenda do tênis

Esther Vergeer (HOL)

Ganhou sete ouros e uma prata em Paraolimpíadas

CONTAGEM

  • Ponto: o primeiro ponto é chamado 15, o segundo, 30 e, o terceiro, 40 – quando o tenista marca o ponto seguinte, ele fecha um game. Se houver uma igualdade em 40-40, o jogador precisa vencer o próximo ponto, chamado ‘vantagem’, antes de fechar o game.
  • Game: o jogador que somar seis games primeiro, abrindo no mínimo dois games de diferença para o adversário, ganha um set.
  • Set: os jogos acontecem em melhor de três sets. Caso a disputa de um dos sets termine empatada (6 games a 6), é disputado o tie-break: game-desempate de sete pontos, em que é necessária uma vantagem mínima de dois pontos para vencer. O tenista que vencer o tie-break leva o set.

A QUADRA

Imagem da quadra de tênis - igual a do esporte na olimpíada, com 8,23 m de largura (10,97 nas duplas) e 23,77 de comprimento
o topo da rede está em uma altura de 0,914 m. A altura média do brasileiro é de 1,72 m.

CADEIRAS

Image da cadeira de rodas de tênis, com encosto baixo para permitir movimentos e rodas inclinadas

As cadeiras utilizadas são esportivas, com rodas adaptadas para um melhor equilíbrio e mobilidade

ROUPAS

Imagem do equipamento de tênis: óculos, viseira ou bonê, camiseta, shorts ou saia, tênis e meia.

CLASSIFICAÇÃO (CONDIÇÃO FÍSICA)

O único requisito para que uma pessoa possa competir em cadeira de rodas é ter sido medicamente diagnosticada com uma deficiência relacionada à locomoção

BRASIL NOS JOGOS

Jamais ganhou medalha

A disputa

Imagem de uma quadra representando a regra a seguir

Iguais

Usa a regra dos dois quiques, que determina que o atleta cadeirante precisa mandar a bola para o outro lado antes que ela toque no chão pela terceira vez

TÊNIS DE MESA

A Lenda

Foto de Kyung Mook Kim - lenda do tênis de mesa

Kyung Mook Kim (COR)

Ganhou quatro ouros, duas pratas e seis bronzes em Paraolimpíadas

A DISPUTA

Participam atletas do sexo masculino e feminino com paralisia cerebral, amputados e cadeirantes. As competições são divididas entre mesatenistas andantes e cadeirantes, com jogos individuais, em duplas ou por equipes

A MESA

A mesa de tênis mede 2,74 m de comprimento por 1,525 m de largura e 76cm de altura.

SAQUE

Imagem de duas mesas representando a regra a seguir

Em relação ao tênis de mesa convencional, existem apenas algumas diferenças nas regras, como na hora do saque para a categoria cadeirante, quando a bola deve sempre ultrapassar a linha de fundo da mesa do adversário

CLASSIFICAÇÃO (CONDIÇÃO FÍSICA)

Os atletas são divididos em 11 classes distintas. A classificação é realizada a partir da mensuração do alcance de movimentos de cada atleta, sua força muscular, restrições locomotoras, equilíbrio na cadeira de rodas e a habilidade de segurar a raquete

Imagem que representa as classificações. De TT1 a TT5, cadeirantes. De TT6 a TT10, andantes. Para quem tem deficiência intelectual, TT11

CONTAGEM

Ponto: melhor de cinco sets, sendo que cada um deles é disputado até que um dos jogadores atinja 11 pontos. Em caso de empate em 10 a 10, vence quem primeiro abrir dois pontos de vantagem.

ROUPAS

Equipamento do tênis de mesa: camiseta, shorts ou saia, tênis e meia

CURIOSIDADES

Fair Play

Em Londres-2012, Jochen Wollmert (na foto) consolou o rival Will Bailey após vencê-lo. Ganhou o troféu fair play do Comitê Paralímpico Internacional

Imagem de Jochen Wollmert
Olímpica

Em Londres, a polonesa Natalia Partyka, que não tem uma das mãos, competiu nos Jogos para pessoas sem deficiência

BRASIL NOS JOGOS

  • Ouro
  • Brasil não obteve medalhas de ouro
  • Prata
  • imagem que representa uma medalha de prata
  • Bronze
  • Brasil não obteve medalhas de bronze