Pedras CURIOSIDADES DO DISCO CURIOSIDADES DA MÚSICA fundamentais STICKY FINGERS, 41 O disco mais aclamado dos Rolling Stones é relançado com versões alternativas inéditas e gravações ao vivo SATISFACTION, 50 Maior hino da banda inglesa, canção chega ao cinquentenário de sua gravação amanhã

A NÚMERO 2

Em 2004, a revista

"Rolling Stone" elegeu a canção como a segunda

mais importante de

todos os tempos, atrás de "Like a Rolling Stone",
de Bob Dylan

O NOVATO

Mick Taylor tinha 20

anos quando entrou

para os Stones em

1969. E com ele a

banda gravou suas

melhores guitarras.

“Sticky Fingers”

foi seu primeiro

disco “completo” na

banda. No anterior,

“Let It Bleed”, só

participou em

duas faixas

A LÍNGUA

Primeiro disco da

gravadora aberta

pelos Stones, “Sticky

Fingers” foi a estreia

do famoso logo da

língua que marcaria

a banda inglesa para

sempre. Foi criado

por Ernie Cefalu, mas o desenho final é de John Pasche

A CAPA

Andy Warhol

idealizou a capa.

Mas quem fez

a foto foi Billy

Name, fotógrafo

que frequentava o

estúdio Factory, QG

de Warhol nos anos

1960. E o modelo

não é Mick Jagger,

outra lenda que se

espalhou. Na capa

está Joe Dalessandro,

“muso” de Warhol

DO BLUES À BRITNEY

Em 50 anos, a música ganhou dezenas de covers, passando pelo R& B de Otis Redding (1965), o new wave do Devo (1977) ao pop de Britney Spears (2000)

 

UM RIFF E RONCOS

Keith Richards teve a inspiração para o riff num quarto de hotel nos EUA, em 1965. Gravou uma versão crua e caiu no sono. No dia seguinte, a gravação tinha dois minutos de violão e "quarenta minutos do meu ronco", conta

REBELDE

Segundo Mick Jagger, “Satisfaction” retrata o espírito dos anos 1960, especialmente a alienação. Na música, ele dispara contra o consumismo e contra a vida de celebridade

‘PREFIRO MORRER’

Em 1975, aos 31,

Jagger disse à “People”: “Prefiro estar morto a cantar ‘Satisfaction’

com 45 anos”; ele

completará 72 anos em julho e continua tocando

 

NAQUELES DIAS

Jagger canta que quer transar com uma garota,

mas ela pede para ele voltar depois porque ela está numa "losing

streak", gíria para dizer que está menstruada

 

SATISFEITOS?

Lançada em junho, a canção deu à banda status de superstar e encabeçou as paradas por quatro semanas

 

CLIQUE NA CAPA
PARA OUVIR O DISCO

CLIQUE PARA VER A

CAPA DA EDIÇÃO ESPECIAL

CLIQUE NA CAPA PARA OUVIR A MÚSICA E LER A LETRA

CLIQUE  PARA APRENDER O RIFF

CLIQUE  PARA OUVIR

CLIQUE  PARA OUVIR

MICK JAGGER cantor, aos 31 anos

TEXTOS THALES DE MENEZES GUILHERME GENESTRETI
ARTE ALEX KIDD E THEA SEVERINO

David Montgomery/Reprodução

Fotos Divulgação

Jeff Christensen/Reuters

STONES EM IMAGENS

A banda na época de 'Satisfaction' (1965) e de 'Sticky Fingers' (1971)

AO VIVO

Cinco perfomances memoráveis de "I Can't Get No (Satisfaction)"

HYDE PARK - Dois dias após a morte de Brian Jones, os Rolling Stones fizeram seu primeiro show público em dois anos no Hyde Park, em Londres, em julho de 1969; foi a primeira apresentação do guitarrista Mick Taylor com a banda

HAMPTON - Em 1981, os Stones gravaram um disco ao vivo no Hampton Coliseum, no Estado da Virginia (EUA); durante este show, Mick Jagger cantou parabéns a Keith Richards, que fazia 38 anos neste dia.

HALL OF FAME - Durante a cerimônia de 1988 do Hall da Fama do Rock N' Roll, os Stones tiveram as participações luxuosas de George Harrison, Bob Dylan e Bruce Springsteen quando executaram "Satisfaction" no palco; Neste ano, Jagger completou 45 anos, idade com que ele pensava que nunca mais tocaria a música

BUENOS AIRES - Em 1995, o veterano grupo levou a turnê do disco "Voodoo Lounge" em turnê pela América Latina, o que marcou a primeira apresentação da banda no Brasil e na Argentina (mostrada nesse vídeo).

RIO - Os Stones também tocaram "Satisfaction" nas areias de Copacabana em 2006 naquele que é tido como o maior show de todos os tempos, visto por 1,5 milhão de pessoas