Imagem de carregamento

Evolução do Ifer nas UFs

Desequilíbrio racial caiu em 17 das 27 UFs*

 

Amazonas, Acre e Santa Catarina são os estados com maiores quedas na desigualde; cinco UFs do Nordeste tiveram os maiores aumentos na exclusão

Mudança do índice consolidado entre 2014 e 2019

Piora na desigualdade racial

Queda da desigualdade racial

0,101

Amazonas

Acre

0,065

Santa Catarina

0,055

Amapá

0,049

Goiás

0,045

Mato Grosso

0,043

Distrito Federal

0,038

Rio Grande do Sul

0,027

São Paulo

0,024

Pará

0,019

Rondônia

0,014

Mato Grosso do Sul

0,013

Roraima

0,009

Minas Gerais

0,007

Rio de Janeiro

0,006

Paraíba

0,003

Pernambuco

0,003

Paraná

-0,002

Maranhão

-0,003

Tocantins

-0,004

Rio Grande do Norte

-0,009

Espírito Santo

-0,015

Sergipe

-0,025

Alagoas

-0,027

Ceará

-0,027

Bahia

-0,039

Piauí

-0,065

* Os cálculos de renda e sobrevida usados neste recorte do Ifer usaram como ponto de referência os valores que separam os brancos 10% mais ricos e mais idosos dos demais 90%. No caso dos estados, os dados se referem a uma média de 2017, 2018 e 2019 (usada para suavizar possíveis oscilações bruscas e pontuais nos números). Todos os cálculos consideram a população com 30 anos ou mais. Como o objetivo do índice é medir a disparidade entre brancos e negros - grupo que reúne pretos e pardos - os demais grupos raciais foram excluídos da base populacional usada

Evolução do Ifer nas UFs

Desequilíbrio racial caiu em 17 das 27 UFs*

 

Mudança do índice consolidado entre 2014 e 2019

Piora na desigualdade racial

Queda da desigualdade racial

0,101

Amazonas

Acre

0,065

Santa Catarina

0,055

Amapá

0,049

Goiás

0,045

Mato Grosso

0,043

Distrito Federal

0,038

Rio Grande do Sul

0,027

São Paulo

0,024

Pará

0,019

Rondônia

0,014

Mato Grosso do Sul

0,013

Roraima

0,009

Minas Gerais

0,007

Amazonas, Acre e Santa Catarina são os estados com maiores quedas na desigualde; cinco UFs do Nordeste tiveram os maiores aumentos na exclusão

Rio de Janeiro

0,006

Paraíba

0,003

Pernambuco

0,003

Paraná

-0,002

Maranhão

-0,003

Tocantins

-0,004

Rio Grande do Norte

-0,009

Espírito Santo

-0,015

Sergipe

-0,025

Alagoas

-0,027

Ceará

-0,027

Bahia

-0,039

Piauí

-0,065

* Os cálculos de renda e sobrevida usados neste recorte do Ifer usaram como ponto de referência os valores que separam os brancos 10% mais ricos e mais idosos dos demais 90%. No caso dos estados, os dados se referem a uma média de 2017, 2018 e 2019 (usada para suavizar possíveis oscilações bruscas e pontuais nos números). Todos os cálculos consideram a população com 30 anos ou mais. Como o objetivo do índice é medir a disparidade entre brancos e negros - grupo que reúne pretos e pardos - os demais grupos raciais foram excluídos da base populacional usada

Folha