As promessas de Bolsonaro

Veja 98 compromissos assumidos antes da posse

São PauloO presidente Jair Bolsonaro (PSL) terá que cumprir uma promessa a cada duas semanas para entregar tudo o que prometeu. A Folha mapeou 98 propostas que ele anunciou antes de tomar posse, incluindo as registradas no plano de governo e outras assumidas em entrevistas e postagens nas redes sociais.

As promessas foram divididas em 18 categorias, como economia, meio ambiente e emprego e renda. A maioria se refere a segurança pública (16%), educação (11%) e saúde (9%). Na quarta-feira (10), Bolsonaro completa 100 dias de mandato.

Enquanto os compromissos ligados à reforma da Previdência são bastante específicos (introduzir sistema com contas individuais de capitalização, por exemplo), áreas como política externa acumulam propostas mais genéricas, como afastar o Brasil da Venezuela ou redirecionar o eixo de parcerias bilaterais.

Para aprovar a Previdência, porém, o governo precisa de apoio no Congresso, onde as relações com o Planalto permanecem pouco amistosas. Na última quarta-feira (3), a tensa sessão na Câmara em que Paulo Guedes explicava a reforma proposta foi interrompida após o ministro da Economia ter sido chamado de “tchutchuca” por um deputado.

Já a Venezuela, do ditador Nicolás Maduro, enfrenta forte crise política, econômica e social. A possibilidade de uma intervenção militar naquele país já foi aventada pelos EUA e ganhou eco com o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente. A hipótese, porém, desagrada as Forças Armadas brasileiras, e Bolsonaro disse, nesta segunda (8), que consultaria o Legislativo para tomar essa decisão.